Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Resenha - Livro: Frankenstein, Mary Shelley

Frankenstein", publicado por Mary Shelley, em 1818, é um livro sobre solidão.

Victor Frankenstein, protagonista do livro, decide criar um ser que ultrapassa os limites das ciências naturais. Com membros maiores do que os de um ser humano, dotado de cérebro e inteligência, o monstro ganha vida própria.
Assustado, o cientista foge e perde a criatura de vista. Ele tenta levar a vida como se aquilo nunca tivesse acontecido, até que mortes misteriosas começam a assombrá-lo. É claro que, de imediato, Victor pensa no monstro como principal suspeito.
Basicamente, a história é essa. Mas a riqueza está na construção do texto. Há várias narrativas dentro das narrativas, perfeitamente amarradas e envolventes. Ao longo da obra, o leitor é conduzido por diferentes narradores, dotando de humanidade aquilo que, em teoria, não a possui (refiro-me a Victor).
"Frankenstein" é um marco da ficção científica. Foi escrito por uma mulher. Tem mais perguntas do que respostas. Gera angústia, rep…

Últimas postagens

Dicas para ler mais

Resenha - Livro: Paris é uma festa, Ernest Hemingway

Resenha - Livro: As Ondas, Virgínia Woolf

[Resenha] Livro: Diário das coincidências