[Tag] - Retrospectiva literária 2013


Boa tarde! Vi no blog da Jéssica este meme que ela encontrou no Quase Inédita, que por sua vez pegou os tópicos de avaliação no Doces Rodopios. (Ficou confuso, eu sei, mas é para que ninguém fique sem créditos). Em 2013 li bem menos do que gostaria, por volta de 40 livros, mas foram boas leituras. Então, vamos lá:

Aquarela que a Amanda pintou para mim. ♥

  • O casal mais apaixonante
Kim e Krickitt Carpenter, autores do livro baseado na história deles: Para Sempre (resenhei aqui). O casal deste livro, até por ser um casal não-ficcional, emociona. Como não se sentir tocado com recém-casados que sofrem um horrível acidente, em que a mulher perde a memória e não se lembra do marido, que faz de tudo para reconquistá-la?
  • Virei a noite lendo
Ramsés – o filho da luz,  de Christian Jacq (resenha). Um romance cheio de fatos históricos sobre o Egito, que me prenderam por algumas noites. Apesar disso, não foi uma leitura rápida.
  • Chorei de soluçar
A culpa é das estrelas, John Green. Ouvi falar muito sobre este livro antes de ter coragem de ler (estava com um pouco de preguiça, confesso). Mas, quando comecei, me surpreendi. O autor conseguiu transformar o clichê em uma leitura agradável e emocionante.
  • Livro irrelevante do ano/abandonei
Sob o sol da toscana, Frances Mayes. Achei muito chato, não consegui terminar. Como há um famoso filme com o mesmo nome, imaginei que o livro seria interessante, mas me decepcionei.
  • Grifei
Não tenho coragem de grifar/rabiscar livros! (Exceto o Destrua este diário, claro). No entanto, ao reler O Pequeno Príncipe, de  Antoine de Saint-Exupéry, percebi que ele é um conjunto de frases lindas, que me fizeram refletir muito. A inocência do principezinho, os conselhos, a impressão que te tive é de que o livro me abraçava (?).
  • Soco no estômago
Não há definição melhor do que "soco no estômago" para o livro Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago. Com certeza, a leitura mais intensa de 2013, repleta de desespero. O livro não me fez chorar (antes tivesse feito). A sensação que tive, durante a leitura, era de que aquela aflição não cessaria. Livro forte e recomendadíssimo (resenha).

Observação: 1984, de George Orwell, também me deu uns soquinhos no estômago.
  • Morri de rir
Pobre não tem sorte, Leila Rego (resenha). Chick-Lit nacional muito divertido. 
  • Infanto-juvenil
Categoria favorita e que gera mais dúvidas. Fico com Matilda, de Roald Dahl (resenha) e Como roubar a espada de uma dragão, de Cressida Cowell, da série Como treinar seu dragão (resenha). 

Bate bola de personagens

Melhor personagem masculino: Soluço, da série Como treinar seu dragão. ♥ E o "guardador" do mundo dos mortos, John, do livro Abandono, Meg Cabot.
• Melhor personagem feminina: Alice, Lewis Carroll.
• Personagem mais chato: Cond Olaf, Desventuras em série, Lemony Snicket. Personagem insuportável! Dá vontade de bater nele e salvar os órfãos. 
• Personagem mais perturbador: Mulher do médico, Ensaio sobre a cegueira, Saramago. 
• Personagem que mais me identifiquei: Antônio, de O Mercador de Veneza, Shakespeare, por conta desta frase, que me tocou muito: "O mundo, para mim, é o mundo, apenas, Graciano: um palco em que representamos, todos nós, um papel, sendo o meu triste".


O post ficou enorme, mas foi bom relembrar o que li.
E para vocês? Quais foram as melhores e as piores leituras do ano que passou?

Comente com o Facebook

6 comentários:

  1. O pequeno príncipe é maravilhoso <3, preciso reler. ACEDE eu li e, não me matem, não achei essas maravilhas todas, rsrsrs. Mas é sério, O Pequeno Príncipe é o livro mais lindo e maravilhoso ever!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Releia sim, é lindo demais.
      Como não esperava NADA de A culpa é das estrelas, acabei gostando. rs
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  2. Adorei a tag, Thaís. haha
    Não chorei e nem gostei muito de A Culpa é das Estrelas. k
    Acho que o livro que eu menos gostei foi O Teorema Katherine e o que eu mais gostei foi O lado bom da vida. haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina! Que bom que gostou! :)
      Sério?
      Não li nenhum dos dois, mas O lado bom da vida está entre os que quero ler este ano.
      Beijos

      Excluir
  3. Aaaai, adorei a criatividade da tag, gostei mesmo! Esse Para Sempre, ainda não tive a oportunidade de ler, mas assisti o filme e a história é realmente emocionante. Já Ensaio sobre a cegueira é um livro que tenho bastante vontade de ler, por causa das resenhas e críticas que ouço sobre esse livro.
    Suas leituras foram bastante produtivas em 2013, e que venham mais em 2014!

    Beijos!!
    http://dama-louca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Em 2013 eu li bem menos do que minha meta definida, mas espero que nesse ano eu leia o esperado e principalmente bons livros!

    Beijos, www.rayramii.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)