[Resenha] - Livro: Ramsés - O filho da luz

Um país que hoje passa por um momento intenso de conflitos, um dia já esteve em um modelo de governo diferente. A história do livro Ramsés - o filho da luz se passa no Egito Antigo, época em que o poder ficava nas mãos do Faraó Sethi - figura que, para os egípcios, possuía também um caráter divino.

Em 389 páginas, Christian Jacq conta, de forma romanceada, a história do jovem Ramsés, filho de Sethi. Forte e corajoso, desejava secretamente substituir o pai. Sua aptidão para a função era inegável, mas, por não ser o filho primogênito, isso provavelmente não se concretizaria.

O herdeiro natural era Chenar, seu irmão mais velho, que não media esforços para afastar Ramsés de seu caminho. Os dois, além das inúmeras diferenças, disputavam também a atenção de Iset, a Bela.

Com amizades sinceras (e umas nem tanto), amores e ensinamentos de seu sábio pai, o jovem príncipe é envolvido em uma teia de ameaças, intrigas, armadilhas mortais e falsidade. Ramsés - o filho da luz é o primeiro de uma série de cinco livros e narra a fase inicial da trajetória de lutas do memorável Faraó Ramsés, que reinou no Antigo Egito por 67 anos.


- Então devo entender… que o senhor me escolheu como seu sucessor?
- Você acha que somente a coragem basta para governar os homens?


Opinião: Sempre fui apaixonada pelo Egito Antigo e ter a oportunidade de ler um romance com essa temática me deixou empolgada. A leitura não foi rápida, mas achei bem interessante. Fiquei encantada com alguns personagens, como a rainha Touya, mãe de Ramsés. Quero ler os outros volumes da série!! :)  

Comente com o Facebook

Um comentário:

  1. Não é muito meu estilo de leitura, mas por tratar do Egito antigo fiquei curioso. Tenho outras prioridades de leitura, mas deixarei anotado.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)