[Resenha] - Livro: Cidades de Papel

John Green, que se tornou conhecido por "A Culpa é das Estrelas" (resenhei aqui), não é autor de um livro só. Todas as suas obras são encantadoras! Hoje vou falar sobre "Cidades de Papel", Editora Intrínseca.

Quentin Jacobsen sempre foi apaixonado por sua vizinha, Margo. Melhores amigos durante a infância, acabaram se distanciando com o tempo, à medida que Margo se tornava mais e mais popular. Em um dia qualquer, tudo muda: a bela vizinha aparece durante a madrugada na janela de Quentin, chamando-o para uma aventura de vingança. Como ele recusaria?

Após a melhor noite de todas, Quentin tem a esperança de que as coisas entre ele e Margo mudem para melhor. Porém, ele não contava com uma coisa: Margo decidiu sumir. A partir daí, ele começa a seguir algumas pistas deixadas pela vizinha, na tentativa de achá-la e, de uma vez por todas, permanecer com ela.

"O erro fundamental que eu sempre cometi era este: Margo não era um milagre. Não era uma aventura. Nem uma coisa sofisticada e preciosa. Ela era uma garota."

Assim como em seus outros livros, John apresenta, em Cidades de papel, sua incrível habilidade de contar uma história simples (e, algumas vezes, até mesmo clichê) de forma original e inteligente.Os personagens são bem construídos, com qualidades, defeitos e personalidades marcantes, de forma que se torna impossível não se apaixonar por eles. /amei

Opinião: O que mais me impressionou na obra foi a análise psicológica dos personagens, principalmente de Margo, e as preciosas lições que podemos tirar do enredo. Envolvente, engraçado, emocionante e inesquecível: uma típica obra de John Green.



Comente com o Facebook

13 comentários:

  1. Quando comecei a ler esse livro eu achei ótimo, bem empolgante, mas não curti o final. k
    Enfim, gostei da resenha. Bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu não gostei muito dele no começo, mas fui me apaixonando aos poucos! haha

      O final eu achei diferente e emocionante, bem ao estilo Green. Gosto da forma com que ele quebra todas as expectativas que criamos durante a leitura!

      Obrigada! Beijos (:

      Excluir
  2. Este será o primeiro livro do autor que lerei, e estou MUITO empolgada!
    Gostei bastante de saber que achou as personagens bem desenvolvidas. Acho que a essência do livro reside na construção dele.

    Beijos, beijos
    http://www.literature-se.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. reside na construção delas (as personagens, digo rs - ficou mal formulada, desculpe)*

      Excluir
    2. Tenho certeza de que você vai gostar tanto quanto eu!
      Concordo com você: não adianta ter uma boa história e personagens rasos e previsíveis (:

      Depois me diga o que achou! Beijos ♥

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro, e confesso que é só por causa do John Green mesmo. Sempre inicio os livros dele esperando uma coisa e me surpreendo ao ver que é bem mais do que as minhas expectativas. Essa é a marca dele, superar-se cada vez mais.
    Ótima resenha, parabéns! Acho que quando um autor trabalha no psicológico de seus personagens, o livro fica mais interessante e mais gostoso de ler, porque você acompanha toda essa mudança passo a passo.

    Juliano (diariodeumledor.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Também gosto dos livros do John por isso: são sempre bem trabalhados e surpreendentes (:

      Aposto que você vai adorar! Beijos

      Excluir
  4. Eu ainda não li A Culpa é das Estrela, mas tenho curiosidade! Gostei de uma coisa que vc falou, Amanda, que ele escreve sobre coisas simples e até clichês de modo inteligente! Adoro isso em um autor!

    Bjs, Michele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corra para ler, Michele, é um livro fantástico! Você vai amar (:

      Beijos!

      Excluir
  5. Amor, eu não quero ser chata, estou inclusive participando, mas vocês já pensaram em trocar os sorteios por concurso cultural? Além de dar o prêmio para o vencedor que é selecionado mais "justamente", é permitido por lei, ao contrário de sorteios, a menos que vocês registrem, claro :)

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha! Sério, eu preciso aprender a fazer resenhas assim. Eu não sei se eu sei fazer resenha (hahaha), afinal mostrar pra pai e mãe é fácil, e eles ainda duvidam que fui eu quem fiz. Mas fico encantada com a habilidade que vocês tem para isso.

    www.cometaseestrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, Daniela, muito obrigada!
      Fico muito feliz em ler isso (:
      Que bom que gosta de nossas resenhas!

      Volte sempre, ok?
      Beijos ♥

      Excluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)