[Resenha] - Livro: A última carta de amor

O livro “A Última Carta de Amor”, escrito por Jojo Moyes e publicado pela Editora Intrínseca, fala de amores proibidos e do poder que as palavras escritas possuem. Ellie, uma jornalista que vive um caso com um homem casado, está com o emprego em jogo por andar muito distraída. Melissa, sua chefe, pede que ela faça um artigo comparando o modo de vida na década de 60 com a atualidade, com base nos arquivos do jornal.

Mexendo naquelas pastas empoeiradas, Ellie encontra cartas de amor escritas por "B." a "Jennifer". Aquela história deixa a jornalista curiosa, mas ela permanece imersa em seus próprios problemas.

A narrativa oscila entre presente e passado, mostrando a vida do casal apaixonado que trocava cartas...

Jennifer Stirling acorda no hospital depois de um acidente de carro sem conseguir se lembrar muito bem dos últimos meses. Tudo é vago e confuso. Ela não se sente mais a mesma. O marido "perfeito", a casa maravilhosa, o círculo social animado... Ela parece não se encaixar em nada daquilo. Mexendo em seu armário, encontra uma carta de amor delicada, assinada por "B". Ela passa, então, a observar os amigos do marido que possuem nomes que começam com a letra B e não percebe nada diferente em nenhum deles. Jennifer tenta entender quem era o amante dela, o motivo
de ele ter sumido e o que poderia fazer para reencontrá-lo.

Anos depois, o destino coloca a jornalista Ellie diante de Jennifer e as duas conseguem, juntas, encontrar algumas respostas.

Opinião: Amo livros com protagonistas jornalistas! hahaha Por que será, né? Fico me imaginando no lugar deles, investigando essas histórias, trabalhando nessas redações ... Eu acredito no poder transformador do jornalismo e o romance "A Última Carta de Amor", mesmo sendo de ficção, mostra um pouco disso. Li o livro rapidinho e gostei muito. 

Mais livros da autora resenhados aqui no blog:

Um beijo e até mais!

Comente com o Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)