[Resenha] - Livro: Peter Pan

“Seu sorriso dizia: 'Morrer vai ser uma grande aventura'.” p.140



O livro "Peter Pan", escrito por J. M. Barrie, tradução de Julia Romeu, Clássicos Zahar - Edição Bolso de Luxo, possui 256 páginas e conta a famosa história do menino que não queria crescer. Wendy, João e o pequeno Miguel são irmãos que viviam em Londres, sob os cuidados de Naná - uma cachorra que trabalha como babá para a família Darling -, e, certa noite, receberam a visita de Peter Pan.

Peter, em um de seus passeios noturnos, havia esquecido sua sombra na casa dos Darling e voltou para buscá-la. Acompanhado da fada Sininho, tentou colar a sombra aos seus pés com sabonete. Wendy acordou e decidiu ajudá-lo, costurando a sombra perdida nos pés dele.

Teve início a amizade entre os três irmãos e Peter Pan, que os levou para a Terra do Nunca! Pensando em coisas boas (e contando com a ajuda de pó de fada), saíram todos voando pela janela – o que deixou o sr. e a sra. Darling muito tristes.

Logo de cara, Sininho já ficou totalmente enciumada, temendo que Peter gostasse mais de Wendy do que dela. Ele era um menino que, além de se esquecer facilmente das coisas (e das pessoas), era bastante convencido.

Depois de dias viajando pelo céu, as crianças chegaram à Terra do Nunca. Lá, nesse lugar mágico, conheceram os meninos perdidos – fieis amigos de Peter Pan que viviam com ele numa casa embaixo da terra. Conversaram com as sereias, dançaram com os pele-vermelhas (e a adorável índia Tigrinha)! E viveram grandes aventuras lutando contra os temíveis piratas, liderados pelo ameaçador Capitão Gancho.

Entre aventuras e passagens engraçadas, é impossível não notar a sensibilidade de J. M. Barrie ao retratar a solidão, a loucura e, também, a inocência infantil. Os leitores passam do riso às lágrimas, ficando envolvidos com esses inúmeros personagens de uma forma completamente... mágica!


Nossa "Wendy". <3
Opinião: Sempre gostei dessa história, ela representa muita coisa para mim. Nossa cachorrinha até se chama Wendy. Quando o livro chegou, fiquei encantada! É muito fofinho! Adorei a capa e os detalhes (que tentei mostrar nas fotos). Estou analisando o filme Peter Pan, da Disney, para uma disciplina da faculdade e o contato com a obra de J.M. Barrie serviu para enriquecer meu domínio sobre os detalhes da história. Pude notar que, no livro, os traços psicológicos dos personagens são mais atenuados que no desenho. (Peter é muito irritante!)  E quanto à leitura... deliciosa! O autor narra tudo em terceira pessoa, mas muitas vezes se dirige diretamente ao leitor, deixando a experiência "dinâmica". Fiquei comovida com os surpreendentes pensamentos de Gancho e emocionada com o final da história. "Todas as crianças crescem, menos uma." Ainda não sei se essa frase é sobre Peter ou sobre mim. Livro maravilhoso, indico para quem ainda não cresceu e para quem já trabalha engravatado, deixando a vida passar...





“- Sabe, Wendy, quando o primeiro bebê riu pela primeira vez, o riso dele quebrou em milhares de pedaços e todos eles saíram pulando, e esse foi o começo das fadas. (...) As crianças sabem de tanta coisa hoje em dia que logo param de acreditar em fadas. E toda vez que uma criança diz 'Eu não acredito em fadas', uma fada cai morta em algum lugar”. p. 48

"- Mas onde você mora a maior parte do tempo agora?
- Com os meninos perdidos.
- Quem são eles?
- São crianças que caem dos carrinhos quando as babás estão distraídas. Se ninguém vai buscar essas crianças em sete dias, elas são mandadas para um lugar bem longe, a Terra do Nunca, para ajudarem nas despesas. Eu sou o capitão.
- Deve ser tão legal!
-É – disse o esperto Peter -, mas a gente se sente muito sozinho. Sabe, não temos nenhuma menina para nos fazer companhia.
-Nenhum deles é menina?
- Ah, não. Você sabe, as meninas são inteligentes demais para caírem dos carrinhos.” p. 51

"Peter ficou atordoado não por causa da dor, mas por causa da injustiça. Aquilo o deixou completamente indefeso. Ele só conseguiu olhar para Gancho, horrorizado. Toda criança se sente assim da primeira vez que é tratada com injustiça. (...) Depois que você for injusto com ela, ela vai voltar a amá-lo, mas nunca vai voltar a ser a mesma criança. Ninguém nunca se recupera da primeira injustiça; ninguém, exceto Peter. Ele sempre sofria injustiças, mas sempre as esquecia. Acho que essa era a verdadeira diferença entre ele e todos os outros." p. 137

Avaliação: 


O que acharam dessa resenha enorme? haha Já leram este livro? Conhecem a história? À noite olham para o céu, assim como eu, procurando a Terra do Nunca?

Compre na Travessa ou na Saraiva.

Comente com o Facebook

7 comentários:

  1. Oi Thaís!
    Nunca li Peter Pan, mas morro de vontade!
    Achei sua resenha tão mágica *-* Dá pra ver que você adora mesmo essa história <3

    Um grande abraço!
    http://obsessivejerk.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que livro lindo, essa capa está muito amor <3
    Adorei sua resenha, muito bem feita!
    http://lecry.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Esse livro está no topo da minha wishlist!! Na verdade, todos dessa coleção da Zahar, eles são perfeitos! Já tenho uns 4 ^-^
    Peter Pan sempre me encantou, essa história de não crescer nunca, o que não quer dizer não crescer crescer, mas não perder o espírito de criança, de inocência, felicidade... não sei se consegui me fazer entender rsrs.
    Anyway, adorei a resenha e os quotes!!

    PS: Adorei o desenho de coelho na unha rsrs.

    Beijosss,
    Myris
    http://www.nacabeceiradacama.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que edição lindaaaa!
    Sabe que até hoje eu nunca me interessei em saber qual é a real história de Peter Pan. Sei algumas coisas, mas nunca li nada. Acho que está na hora, e com essa edição fofíssima, não tenho mais desculpas! hahahaha

    beeeeijos!

    http://cloudsandfantasy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Peter Pan já é uma beleza por vida, nessa edição da Zahar então... Mandam muito bem! Ainda não li o livro (completo), mas está na minha meta. Parabéns pela resenha :)

    http://cantinadolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ai gente que lindooo agora to querendo ler o livro.
    Eu vi o filme, acho que váriooos do Peter Pan mas o mais bonito é o que conta a história original mesmo e triste o final vendo Peter ir embora.
    Ong, adorei e que lindo seu blog, eu precisava de algo assim para voltar a ler.
    Bjs mil

    PS: Blogger não me avisa de respostas a comentários.

    ResponderExcluir
  7. Que liiindaaaas vcs na página da Zahar!!
    Faz tempo que eu li a resenha, pensei até que eu já tinha comentado... rsrs
    Como sempre ficou linda a escrita. As fotos, nem se fala. To muito a fim de ler esta edição *-*

    Beijos!

    www.bibliotecarialeitora.wordpress.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)