[Resenhas] - Livros de mistério

Entre minhas últimas leituras estão as de dois livros carregados de mistério: O primeiro, “Os homens que não amavam as mulheres”, de Stieg Larsson, e, o segundo, “Os cinco porquinhos”, de Agatha Christie.


O livro “Os homens que não amavam as mulheres”, título original “Män som hatar kvinnor”, Millenium, conta a história de um jornalista chamado Mikael que é envolvido num escândalo em sua profissão (foi processado por não conseguir provar algumas fortes acusações feitas sobre desvio de dinheiro).

Seguindo tal acontecimento, foi incumbido de um novo trabalho: desvendar o mistério por trás do desaparecimento de uma garotinha muitos anos antes. Quem buscava respostas era Henrik, o avô da menina, e não mediria esforços para entender o que se passara em sua propriedade, quem poderia tê-la matado. Mikael contou com o apoio de uma problemática (e inteligentíssima) companheira: Lisbeth Salander.

Opinião: Não esbocei mais do enredo, pois seria crueldade com os prováveis futuros leitores desta obra maravilhosa da literatura sueca. Um livro surpreendente que não permite que se desvie o olhar das páginas porque o desejo da vida do velho Henrik passa a ser também o de quem está lendo: descobrir o que e como aconteceu a tragédia que assombra aquela família. São 522 páginas de uma agradável viagem a cenários e situações em demasia desagradáveis. Meu exemplar foi presente do sumido Digs e tem lugar de destaque na estante. Recomendo mesmo, muito bom.

Já o outro, intitulado “Os cinco porquinhos”, editora Record, escrito em 1943 por Agatha Christie Mallowan, “Five little pigs”, foi presente de minha tia Lelê e é uma leitura um pouco mais leve, mas não menos interessante.

Carla descobre aos vinte e poucos anos que seus pais legítimos (dos quais pouco se recordava) carregavam uma tragédia em sua história: sua mãe era acusada de ter assassinado o marido. No entanto, antes de morrer, na prisão, Caroline deixou à filha uma carta jurando inocência. A moça, então, contrata um detetive para vasculhar o passado em busca de respostas.

E o trabalho de Hercule Poirot começa aí: tentando desvendar o que se passou na propriedade dos Crale dezesseis anos antes. São cinco acusados, cinco pessoas que estavam presentes na cena do crime. Do melhor amigo do pintor assassinado à sua cunhada (com apenas 15 anos na época), ninguém está livre das suspeitas do atrevido Poirot.

Opinião: Final surpreendente, leitura gostosa! Recomendadíssimo! As personagens são encantadoras e algumas um tanto quanto dissimuladas. Primeiro livro dessa autora que li e gostei bastante. 

Por hoje é somente isso, espero que tenham gostado! Até a próxima! Beijos.

Comente com o Facebook

6 comentários:

  1. Tenho o primeiro da trilogia Millenium e estou louca pra ler!
    Já o da Agatha Christie, obrigada pela indicação! Parece ser realmente bom =)

    ResponderExcluir
  2. Parecem ser muito bons. Não são o tipo de livro que leio, mas me interessei.
    Xxx

    ResponderExcluir
  3. oie
    quero ler os dois!! parecem otimos!

    adorei seu blog, muito lindo!
    estou te seguindo, segue o meu tambem
    http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

    @lostgirlygirl

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Agatha Christie dispensa qualquer tipo de comentarios, pelo menos pra mim. Ela 'e uma 'otima escritora de suspense, me arrisco a dizer que uma das melhores hoje em dia.
    Aproveito esse espaco pra indicar um livro 'otimo dela: " Assassinato no Expresso do Oriente "

    ResponderExcluir
  5. Quero ler os 2 ! Resenha muito bem feita Thais

    http://alguemparaconversa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu comecei a ler a trilogia Millenium pelo segundo livro sem saber! Mas não me senti perdido e praticamente devorei o livro porque eu começava as 19 hrs e só parava depois das 3. Ótimas resenhas =D

    www.epidemiadelivros.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, sua opinião é muito importante. ;)